Ligas de Bronze Alumínio Zinco

Bronze-Aluminio-Zinco

Estas ligas são boas para rolamentos porque sua composição final inclui partículas duras eutéticas de zinco-alumínio-cobre incorporadas em uma matriz de zinco-alumínio mais macia. As partículas duras fornecem uma superfície de rolamento de baixo atrito, enquanto o material mais macio se desgasta para fornecer espaço para o lubrificante fluir.

Ligas metálicas, BM 863 ou C86300, são materiais com propriedades metálicas que contêm dois ou mais elementos químicos sendo que pelo menos um deles é metal. Apesar da grande variedade de metais existentes, a maioria não é empregada em estado puro, mas em ligas com propriedades alteradas em relação ao material inicial, o que visa, entre outras coisas, a reduzir os custos de produção.

As indústrias automobilísticas, aeronáuticas, navais, bélicas e de construção civil são as principais responsáveis pelo consumo de metal em grande escala.

 

São também representativos os setores de eletrônica e comunicações, cujo consumo de metal, apesar de quantitativamente inferior, tem importância capital para a economia contemporânea. Ligas metálicas são materiais de propriedade semelhantes às dos metais e que contêm pelo menos um metal em sua composição. Há ligas formadas somente de metais e outras formadas de metais e semimetais (boro, silício, arsênio, antimônio) e de metais e não-metais (carbono, fósforo).

É interessante constatar que as ligas possuem propriedades diferentes dos elementos que as originam. Algumas propriedades são tais como diminuição ou aumento do ponto de fusão, aumento da dureza, aumento da resistência mecânica.